Palitinhos de Batata Doce Assados


Elas ficam crocantes por fora e bem macias por dentro. São bem doces e vão bem com um temperinho picante.
Toda vez que faço aqui em casa, elas acabam rapidinho. Vão muito bem como um acompanhamento ou como aperitivo. Dá até para fazer um molhinho para acompanhar ou comer junto com o seu hambúrguer preferido!

batatas2

Gosto de usar um pouco de páprica picante, mas você também pode adicionar pimenta do reino, calabresa, etc…
batatas

 

Continuar lendo “Palitinhos de Batata Doce Assados”

Pasta Risotto (“Risoto” de Macarrão)


Um jeito extremamente rápido e fácil de preparar uma refeição. Mas o melhor mesmo é que você só suja uma panela para fazer tudo!
Aprendi esta receita (mais uma vez) assistindo ao programa da Nigella, o Nigellissima. Lá, ela usa uma massa chamada orzo (também conhecida como risoni). mas por aqui é bem complicado encontrar, então sempre utilizo o macarrão concha e fica, além de delicioso, muito bonito. Dá para usar outros formatos também, desde que sejam pequenos. Além da massa poder variar, é claro que o sabor também pode! Usei calabresa e ervilhas aqui, mas você pode colocar vários outros ingredientes ou mesmo fazer apenas o refogado de alho e cebola, cozinhar o macarrão com a água do mesmo jeito (as vezes também coloco um pouco de extrato de tomate)  e, depois, corrigir o sal, adicionar pimenta, azeite, bastante parmesão ralado e voilá!
Sério, pra quê comer miojo, se esse macarrão é tão fácil e beeeem mais gostoso?

11051839_10204375074677470_7774103200602753266_n

 

Continuar lendo “Pasta Risotto (“Risoto” de Macarrão)”

Nigella in my Kitchen #4: Pãezinhos Irlandeses de Aveia e Cerveja Preta


paoirlandes

Na introdução da receita, Nigella diz que estes pãezinhos são irresistíveis quando acabam de sair do forno, com uma manteiguinha, e é a mais pura verdade! Mas não fazem nada feio no dia seguinte, porque acabam ficando ainda mais saborosos, dando para notar muito mais o sabor do mel (apesar disso, não ficam doces) e da cerveja, e a textura continua bem gostosa.
paoirlandes1
Fiz meia receita e o resultado foram 9 belos pãezinhos um pouco menores que os da foto (a receita inteira rende 12 pãezinhos maiores). Achei que a massa dos meus, quando crua, ficou mais mole que a do livro aparenta estar, então foi um pouco complicado modelar cada pão, mas nada que um pouco de óleo nas mãos não resolvesse…
A receita fez muito sucesso em casa e eu recomendo que você tente! Se está em dúvida, dou alguns motivos para você perder o medo e fazer:
1- Ele usa apenas farinha integral e aveia, então é bem mais saudável (saudável, mas muito gostoso!);
2 – Não precisa sovar, nem esperar crescer e assa em 15 minutos;
3 – É bem diferente dos pães que costumamos comer, o que dá uma quebrada na rotina :P;

paoirlandes3

Continuar lendo “Nigella in my Kitchen #4: Pãezinhos Irlandeses de Aveia e Cerveja Preta”

Nigella in my Kitchen #3: Slut’s Spaghetti (Alla Puttanesca)


Slut’s Spaghetti – ou Espaguete das Vadias, como é traduzido para o português, no livro – é, na verdade, Spaghetti alla Puttanesca. Como Nigella diz, todos os ingredientes usados para o molho podem vir direto de latas e potes, então a pessoa não precisa ser prendada, nem ser do tipo que vai sempre ao supermercado, em busca de alimentos frescos, e mesmo assim preparar a receita. sluts Bom, eu achei que tinha exatamente tudo o que precisava, mas  a verdade é que meu tomate pelado havia acabado e descobri, em cima da hora, que já haviam usado a salsinha, reservada especialmente para este preparo (Mas ok! Eu esqueci de avisar que ia usar! My fault! :P). Então, com a falta do tomate pelado, usei tomatinhos cereja picados e ficou ótimo! E a salsinha? Não coloquei! Mas só porque lembro da Nigella dizendo em seu programa algo como “Ninguém vai te processar, se não tiver um pouco de salsinha para acrescentar”. Quanto ao sabor, posso dizer que é divino, quase um pecado! As anchovas, azeitonas e alcaparras são bem marcantes e, como todas são bem salgadas, não precisei nem adicionar sal! Receita aprovada e recomendada a todos os apaixonados por pasta! É tão prática e rápida de ser feita, que, se não tivesse o livro em casa, e tivesse apenas visto a receita por ai, diria que ela saiu do livro Nigella Express, não do Nigella Kitchen. allaputtanescaObs: Apesar de morar com duas descendentes de italianos que, aliás, conviveram grande parte de suas vidas com meu bisavô, imigrante italiano, apaixonado por massas (óbvio!), eu sou o único de casa que herdou esta paixão por macarrão(e eu nem o conheci!). Então, como sempre, sou o único que realmente come macarrão, com vontade (se lambuzando!), por isso fiz apenas meia receita. Mas vou passar a receita inteira, que deve ser suficiente para umas 6 pessoas. Continuar lendo “Nigella in my Kitchen #3: Slut’s Spaghetti (Alla Puttanesca)”

Hamburguer de Atum


Mais uma ótima alternativa ao tradicional hambúrguer! Claro que você não precisa parar de comer seu tão amado Hamburgão de carne, mas acho que vale a pena substituí-lo por versões mais saudáveis de vez em quando, né? 😛
Essa, na verdade, é a receita de almôndegas de atum, mas que também fica muito boa na versão Hambúrguer.
Encontrei a receita no Cozinha para 2 ou 1. Ela rende de 8 a 10 hambúrgueres, mais ou menos, dependendo do tamanho que você fizer.
atumhamburguer
Continuar lendo “Hamburguer de Atum”

Hambúrguer de Grão-de-bico


Há aproximadamente um ano aderi a ideia da Meat Free Monday (Segunda-feira sem carne, em tradução livre). Na verdade, nunca fui muito carnívoro, mas ainda assim achei válido participar. Além de pensar nos animais, o movimento também acredita que quanto mais pessoas pararem de consumir carne em ao menos um dia da semana – nesse caso, a segunda-feira – maiores os benefícios para o meio ambiente, para a saúde e para a economia. E atenção, Beatlemaníacos, quem lançou essa campanha ( e o site oficial) foram o Paul McCartney e suas filhas, Stella e Mary!
Seguindo essa ideia, toda segunda eu tento criar um cardápio diferente. No site oficial da campanha existem muitas receitas e dicas para uma boa Meat Free Monday, mas dessa vez a receita não veio de lá, mas do Panelinha Saudável, com algumas pequenas modificações.
Acreditem, fica muito bom! E por favor, viciados em fast food, deem uma chance a esse hambúrguer! 😛
E para acompanhar, nada de batatas fritas! Olhem só esses palitinhos de batata doce assados (iguais aos da foto abaixo) e essas falsas batatas fritas no forno.

hamburguer-grao-de-bico
Continuar lendo “Hambúrguer de Grão-de-bico”