Nigella In MY Kitchen #7: Crème Brûlée

cremebrulee1

Crème Brûlée é daquele tipo de sobremesa fácil, que leva pouquíssimos ingredientes, mas que impressiona a todos que estiverem à mesa. O creme macio e gelado por baixo, escondido pela camada, ainda quentinha, de açúcar queimado, tão delicada quanto uma taça de cristal – mas esta você terá prazer em quebrar – faz qualquer um ir ao paraíso a cada colherada.
cremebrulee2
O que me fez demorar tanto para, finalmente, fazer crème brûlée em casa foi a falta de um maçarico. Sei que há outras possibilidades – como esquentar o fundo de uma frigideira e colocar em cima dos potinhos com açúcar, levar ao grill do forno, etc – mas optei por esperar até comprar o equipamento tradicionalmente usado (demorei para achar um que não custasse tão caro, por aqui).
Mas, mesmo se você não tiver um maçarico, acho que vale a pena tentar algum desses “truques” para queimar o açúcar. E, se não der certo, pode ter certeza de que, mesmo sem a camada – que dá nome à receita – o creme continua sendo delicioso!

SAMSUNG CAMERA PICTURES
No livro Nigella Bites, ele é preparado num único recipiente, mas prefiro porções individuais. Se for serví-los como eu, a receita rende, aproximadamente, 8 ramekins pequenos ou 4 médios (nas fotos, distribui o creme em ramekins médios, de 8,5cm de diâmetro , mas deixei que chegassem apenas até a metade, então obtive 8 porções).
Se sua intenção é preparar esta sobremesa para um jantar a dois, então sugiro que faça meia receita e distribua o creme em apenas 2 ramekins médios, quase até a borda.

Ingredientes:

  • 600ml de creme de leite fresco
  • 1 fava de baunilha (se não tiver, pode colocar canela, raspas de limão, laranja, etc)
  • 8 gemas de ovo (guarde as claras para uma deliciosa pavlova!)
  • 3 colheres (sopa) de açúcar refinado
  • Aproximadamente 6 colheres (sopa) de açúcar demerara ou cristal, para polvilhar (não pode ser refinado)

Modo de Preparo:

Coloque um recipiente (cerâmica, porcelana ou vidro) de aproximadamente 20cm ou ramekins individuais (8 pequenos ou 4 médios) no congelador, por 20 minutos, até que estejam bem gelados.
Encha uma forma grande com água fria e reserve. Como Nigella adverte, ela será útil caso o creme comece a borbulhar e espirrar. Se isso acontecer, mergulhe o fundo da panela na forma com água e o perigo acaba!
Numa panela, coloque o creme e a fava de baunilha (ou outro substituto que estiver usando) e aqueça até que comece a formar pequenas bolhas, mas desligue antes de ferver.
Num recipiente, com um batedor de arame, bata as gemas com o açúcar – eu recomendo que você retire a película das gemas (peneirando ou puxando com os dedos, em movimento de pinça), para evitar cheiro de ovo – e jogue o creme quente sobre a mistura, sem parar de mexer.
Lave e seque bem a panela onde aqueceu o creme de leite. Volte a mistura para a panela, em fogo médio ou baixo, e continue mexendo, com o batedor de arame, até engrossar – aprox. 10 minutos.
Tire o recipiente grande (ou os ramekins individuais) do congelador e transfira o creme para ele. Quando estiver frio, leve à geladeira até gelar (recomendo deixar de um dia para o outro).
Na hora de servir, retire o creme da geladeira, polvilhe uma camada generosa de açúcar por cima e queime com o maçarico. Sirva em seguida.

Receita retirada do livro Nigella Bites. Também está disponível, em inglês, no site oficial:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s