Cookies para Comer de Colher


Depois de um bom tempo distante, finalmente voltei. Foquei tanto no canal que acabei deixando o blog um pouco de lado, mas resolvi que era hora de atualizar esse espaço que eu gosto tanto.

20348127_10210375481963902_1758206403_o

E, para o meu retorno, trago uma delícia de receita! Cookies assados dentro de ramekins, que ficam bem macios e são perfeitos quando servidos ainda quentinhos (quem sabe até com uma bola de sorvete?).

20370472_10210375481243884_776264947_n

A receita é adaptada de leve do livro Simply Nigella. Aliás, se alguém encontrar o livro a venda por ai, me avise! Só tenho a versão no kindle, mas nada se compara às cores vibrantes de um livro físico.

20400904_10210375481203883_1094178686_n

Abaixo você também encontra o vídeo, com a receita, pra ficar ainda mais fácil!

 

 

Continuar lendo “Cookies para Comer de Colher”

Brownies super fáceis, com cacau, sem manteiga (Receita com Vídeo)


Sem dúvida a receita de brownies mais fácil que já fiz. E, apesar da simplicidade, uma das mais gostosas e viciantes!
Basicamente, tudo o que você precisa é de uma tigela para os ingredientes secos e outra para os líquidos. Depois junta tudo e assa. Só!18741987_10209837277309122_1008590846_n

É o tipo de receita para se ter na manga quando a vontade de comer um brownie é muita, mas o tempo é curto (ou se você tem preguiça mesmo 😉 ). Não precisa nem derreter chocolate e ainda dá para usar a imaginação e adicionar novos sabores, como castanhas, frutas secas ou chocolate picado.18697955_10209837310789959_5854306620417298950_n

brownies

Continuar lendo “Brownies super fáceis, com cacau, sem manteiga (Receita com Vídeo)”

Massa de Tota Salgada com Iogurte – Receita muito prática!


atum

Criei a receita há uns dois anos e, desde então, a preparo ao menos uma vez por semana. O motivo? Bom, na verdade, são vários: Ela é prática, fica pronta rapidinho, só precisa sujar uma tigela e, o principal, é uma delícia!
tortaatumm.jpg
Apesar de ser totalmente integral, a massa é macia, e úmida. Delícia, delíca!
Ah, e você mede praticamente todos os ingredientes usando o potinho do iogurte!

Tem vídeo da receita, pra deixar tudo ainda mais fácil:

Continuar lendo “Massa de Tota Salgada com Iogurte – Receita muito prática!”

Bolo de Fubá e Limão Siciliano, da Nigella.


Há muito tempo, desde que comprei o livro “Na Cozinha com Nigella”, marquei esta receita como uma das favoritas, mas nunca a fiz.
16805183_10209018197112629_430181381_o
Dessa vez, aproveitando que ganhei um pacote de farinha de amêndoas de uma prima, finalmente, preparei o bolo. E que bolo! Macio, super úmido e saboroso. Pode parecer que a quantidade de açúcar é muito grande, mas o azedo dos limões quebra o doce e deixa tudo no ponto certo, bem equilibrado.
16810068_10209018208112904_1198097290_o

Continuar lendo “Bolo de Fubá e Limão Siciliano, da Nigella.”

Cookies com gotinhas de chocolate e farinha de amêndoas


Toda vez que assisto ao episódio “The one with Phoebe’s cookies” da (melhor) série Friends, sou obrigado a fazer uma fornada de cookies para poder matar minha a vontade. Dessa vez a receita foi um pouco adaptada da famosa Nestlé Toll House, com um toque de farinha de amêndoas que foi misturada no final, junto com as gotinhas de chocolate. Aliás, a ideia de acrescentar as amêndoas veio depois de assistir a um vídeo da Dorie Greenspan no Youtube.
Como a receita original não pede pela farinha de amêndoas, você pode seguir a receita do mesmo jeito e apenas omitir o ingrediente. Eu ainda não testei assim, mas tenho certeza de que vão continuar tão gostosos quanto.

16711723_10208977962946800_5463948157175127971_n

Continuar lendo “Cookies com gotinhas de chocolate e farinha de amêndoas”

Muffinttones (muffins com um quê de panetone)


Eu amo um pedaço de panetone lotado de frutas com uma xícara de café. O grande problema é que na época do Natal eles custam os olhos da cara e, não só isso, a maioria não vale o preço.
Eu já fiz algumas receitas de panetone, mas todas as boas têm um processo muito demorado e, convenhamos, quando a vontade bate, não dá para esperar 3 dias até poder cortar e devorar a primeira fatia. 15415918_10208375262479665_786333297_n
Estes muffins, que eu chamo de muffintones, não têm a mesma textura de um panetone, é claro, mas, na primeira mordida, você percebe que eles são muito mais do que você imagina. A combinação de limão, laranja e baunilha lembra muito o aroma de um bom panetone e as frutas, umedecidas com o suco de laranja, ficam bem macias e docinhas.15415944_10208376328506315_872562128_n-1
A receita vem do site King Arthur Flour, mas fiz algumas alterações. A temperatura do forno eu também mudei. Li uma vez que, quando se assa os muffins numa temperatura mais alta (230ºC) que o costume pelos primeiros 5 minutos, eles crescem bem mais – e isso realmente funciona. Portanto, seguindo essa ideia, recomendo que você use forminhas de papel com as bordas altas, para que não haja o risco da massa transbordar.

Continuar lendo “Muffinttones (muffins com um quê de panetone)”

Bolo Victoria Sponge de Laranja com Geléia de Amora


15181136_10208272381347701_7593555946524028049_n

Aproveitando que comprei minhas formas de bolo na Black (duas pelo preço de uma! :D), finalmente fiz a receita do bolo Victoria Sponge, um clássico inglês. Esse bolo, tipo pão de ló, é recheado com geleia e creme de leite batido em ponto de chantilly e coberto com uma camada de açúcar.
15241271_10208272380707685_4090073123999512370_n
A receita que posto é uma versão minha, depois de misturar as receitas de dois livros dos meus preferidos (“Minha Doce Vida”, do Helio Fenerich e “How to Be a Domestic Goddes”, da Nigella Lawson e adaptar para a quantidade de manteiga que tinha em casa (200g). Eu adicionei raspas de laranja, porque a combinação entre laranja e amora é uma das minhas favoritas.
15181416_10208272380107670_3860353424393412650_n

Ingredientes:

  • 200g manteiga sem sal amolecida
  • 200g de açúcar cristal
  • 4 ovos em temperatura ambiente
  • 175g de farinha de trigo
  • 25g de amido de milho
  • 3 colheres  (chá) de fermento em pó
  • raspas de uma laranja
  • um pouco de leite em temperatura ambiente, se necessário
  • geleia de amora a gosto
  • 150g de nata ou creme de leite fresco
  • açúcar refinado ou de confeiteiro para polvilhar

Modo de Preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC, unte duas formas redondas de 22cm com manteiga e forre com papel manteiga (corte dois pedaços do papel manteiga no mesmo tamanho e formato das formas).
Numa tigela grande acrescente a manteiga amolecida, o açúcar e as raspas de laranja. Com uma batedeira, bata até que a mistura fique esbranquiçada. Continue batendo e adicione os ovos um por vez.
Numa outra tigela, misture a farinha, o amido de milho e o fermento em pó. Peneire metade da mistura na tigela com a manteiga e bata mais um pouco. Peneire o restante e bata novamente, apenas até a massa esteja homogênea, com cuidado para não bater demais. A massa deve ser mole e com uma consistência que cai fácil do batedor. Caso isso não aconteça, adicione um pouco de leite, apenas até chegar a essa textura. Mas tome cuidado para não adicionar leite demais!
Divida a massa nas duas formas, de forma que ambas fiquem com praticamente a mesma quantidade de massa (gosto de usar uma balança para isso, mas não é necessário).
Asse por 20 a 25 minutos, sem abrir o forno, mas espiando pelo vidro. Quando assados, eles devem se soltar das laterais e, ao pressionar o topo dos bolos com o dedo e soltar, a massa deve voltar ao lugar rapidamente. Cuidado para não assar demais, pois o bolo acaba ficando seco caso isso aconteça.
Deixe esfriar por 5 minutos na forma e depois desenforme, transferindo os bolos para uma grade de resfriamento. Se você não tiver as grades, coloque-os em dois pratos rasos forrados com papel toalha, que deve absorver qualquer umidade extra.  Deixe esfriando completamente.
Quando estiverem totalmente frios, transfira um dos bolos para o prato onde irá servi-lo, com o topo para baixo. Bata o creme de leite ou nata até o ponto de chantilly e espalhe pelo bolo. Acrescente o quanto quiser de geleia de amora sobre o creme. Coloque o outro bolo, com o topo para cima e polvilhe com o açúcar.